Início Destinos Capela dos Ossos (Évora)

Capela dos Ossos (Évora)

Nós ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos. Esta é a macabra mensagem que pode ser encontrada na fantástica Capela dos Ossos, em Évora.

4567
4
COMPARTILHE
Capela dos Ossos
Capela dos Ossos

Um dos símbolos de Évora, a Capela dos Ossos encontra-se no interior da Igreja de São Francisco e foi construída no século XVII. As paredes forradas com ossos e caveiras – estimadas em 5000 – pretendem transmitir a mensagem da transitoriedade da vida. No século XVI, havia 42 cemitérios monásticos na cidade. Ocupavam um espaço muito grande, e pensava-se em um modo de aproveitar essa área para outros fins.

Capela dos Ossos
Capela dos Ossos

A solução dos franciscanos, criativa e sinistra, foi extrair da terra os ossos e usá-los para erguer e “decorar” uma capela. Calcula-se o uso dos ossos de mais de cinco mil monges, entre crânios, tíbias, vértebras e fémures, dispostos nas paredes, nas colunas e no teto, em macabra arquitectura, desenhando ornamentos. A capela é formada por três naves, com as luzes entrando por três frestas à esquerda.

Capela dos Ossos
Capela dos Ossos

As paredes e os oito pilares são revestidos de ossos ligados por cimento pardo. As abóbadas são pintadas com motivos alegóricos à morte. Logo na entrada, o visitante encontra os dizeres “NÓS OSSOS QUE AQUI ESTAMOS PELOS VOSSOS ESPERAMOS”. É uma referência a um dos objetivos dos monges com a construção: “sirva de consolação a uns e de notícia à curiosidade doutros”. Evidencia-se, enfim, a transitoriedade da vida.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here